P55 Magazine

Bem-vindo à P55.ART Magazine, um espaço dedicado à arte.
Aqui encontrará as últimas tendências, novidades, acontecimentos do mundo da arte, além de um olhar abrangente sobre os movimentos artísticos mais importantes ao longo da história da arte e as histórias, influências e técnicas de artistas emergentes e consagrados. A P55.ART Magazine divulga as informações essenciais, as últimas notícias e conceitos fundamentais, com vista a aprimorar o conhecimento e apreciação dos seus leitores pela arte.
Junte-se e comece a explorar tudo o que a P55.ART Magazine tem para oferecer!

P55 Magazine — Artistas

Talent Advisor
Quem foi o artista americano Jean-Michel Basquiat?

Quem foi o artista americano Jean-Michel Basquiat?

Na sua vida Basquiat alcançou uma notoriedade notável, convertendo-se num protótipo de génio artístico excêntrico e controverso, entregando-se às artes com rebeldia, mas também ao dinheiro, à fama e ao poder. Conheça a vida de Jean-Michel Basquiat.

Ler mais →


Talent Advisor
5 razões para comprar Obra Gráfica

5 razões para comprar Obra Gráfica

Há boas notícias para o mundo da arte: a compra de obra gráfica está a crescer. Chamamos obra gráfica ao conjunto de obras de arte que resultam da combinação de diversas técnicas que o artista aplica numa produção em série. Grandes artistas da história da arte como Toulouse-Lautrec, Pablo Picasso, Andy Warhol e Salvador Dalí produziram bastante trabalho gráfico ao longo das suas carreiras. Hoje vamos explicar 5 razões para comprar trabalho gráfico e por que é uma ideia muito boa.

Ler mais →


Talent Advisor
Quem foi a artista portuguesa Maria Helena Vieira da Silva?

Quem foi a artista portuguesa Maria Helena Vieira da Silva?

O imaginário de Vieira da Silva passa-se num dinamismo onde as partes da pintura não eclipsam completamente a composição. Descubra mais sobre a vida e obra de Vieira da Silva aqui.

Ler mais →


Talent Advisor
Quem é o artista português Vhils?

Quem é o artista português Vhils?

Todo artista que se preze tem uma origem mais ou menos identificável, e com Vhils não poderia ser de outra forma. Como ele mesmo refere, Vhils fez seu primeiro graffiti aos 12 anos na superfície de vários comboios da sua cidade, com a única pretensão de pintar o seu tag ali. Apesar de a arte de rua não encomendada correr o risco de ser sancionada tornando-se um ato de vandalismo, a realidade é que Vhils fazia parte, sem saber, da história do que os americanos chamam de tagging ou assinaturas de pseudónimos. Saiba mais sobre o artista português aqui.

Ler mais →