7 Exposições a Visitar em Lisboa durante o mês de Abril

7 Exposições a Visitar em Lisboa durante o mês de Abril

1.Through a Different Lens - Stanley Kubrick Photographs ​​
Centro Cultural de Cascais, Cascais até 22/05/2022
Pela primeira vez, em Portugal podemos ver a faceta de de fotógrafo, do famoso cineasta norte-americano Stanley Kubrick. A mostra patente no Centro Cultural de Cascais tem a curadoria de Sean Corcoran e Donald Albrecht e nasce a partir dos arquivos do Museum of the City of New York. São 130 fotografias, muitas delas nunca publicadas, bem como como reportagens do cineasta enquanto jovem fotógrafo na revista Look, uma publicação em que o realizador de Laranja Mecânica (1971) e The Shining (1980) começou a trabalhar com apenas 17 anos. Antes de chegar a Cascais, a exposição passou por Trieste, Itália. 

Stanley Kubrick | P55 Magazine | P55.ART

2.Ao que isto chegou: uma retrospetiva de Hugo van der Ding
Museu Bordalo Pinheiro até 15/05/2022
Hugo van der Ding ficou conhecido pelos cartoons de A Criada Malcriada, partilhados nas redes sociais, e pela criação de outras personagens de banda desenhada. Hoje, é um autor publicado e uma das vozes das Manhãs da 3, na Antena 3. Nesta mostra, patente na Sala da Paródia do Museu Bordalo Pinheiro até 15 de Maio, encontramos um conjunto de desenhos originais, prints em serigrafia, cerâmicas e até uma escultura de papel da sua autoria.

Hugo van der Ding | P55 Magazine | P55.ART

3.Territórios Desconhecidos: a Criatividade das Mulheres na Cerâmica Moderna e Contemporânea Portuguesa (1950-2020)
Museu Nacional do Azulejo até 26/06/2022
No Museu Nacional do Azulejo quebra-se o silêncio sobre a história das grandes ceramistas portuguesas. Até Junho de 2022, os corredores do convento em Lisboa enchem-se de obras de Lurdes Castro, Vieira da Silva ou Joana Vasconcelos, entre outras autoras portuguesas que contribuíram para o desenvolvimento da cerâmica desde o pós-guerra até à actualidade.

Territórios Desconhecidos | P55 Magazine | P55.ART

4. Tony Conrad
Culturgest até 3/07/2022
No périplo pela Europa, Portugal é a última paragem da mostra que dá a conhecer o trabalho de Tony Conrad (1940-2016), nome reconhecido no campo do cinema experimental e não só. Há pinturas, filmes, instalações e objectos do artista norte-americano, a “super estrela que quase ninguém conhece” e um dos padrinhos de The Velvet Underground, para ver na Culturgest.

Tony Conrad | P55 Magazine | P55.ART

5.Gérard Fromanger. O esplendor
Museu Colecção Berardo, Belém até 29/05/2022
"Para o Gérard, as cores são pessoas. Com a mesma diversidade, com personalidade, com a mesma luz". As palavras de Éric Corne fornecem o indispensável par de lentes necessário para percorrer a exposição "Gérard Fromanger. O Esplendor", no Museu Coleção Berardo, a primeira do pintor francês em Portugal e a primeira retrospectiva desde a sua morte, em Junho do ano passado. Amigo e curador, enaltece o autor que reflectiu sobre política e sociedade, que olhou para as ruas de Paris como observatório das vivências ocidentais do século XX. São mais de 60 quadros, organizados em 26 séries. Em cerca de seis décadas de criação, que irrompe no clima quente dos movimentos sociais e políticos da década de 60, Fromanger debruçou-se sobre a actualidade, sem reservas ou tabus. A pintura, arma assumida e cujo papel foi questionando ao longo dos anos, foi o suporte que manteve até ao fim, muitas vezes em combinação técnica com a fotografia, mestre de um figurativismo distorcido do realismo social.

Gérard Fromanger | P55 Magazine | P55.ART

6. Coleção Casa das Histórias Paula Rego
Paula Rego é a artista portuguesa contemporânea mais reconhecida do mundo. Em “Coleção Casa das Histórias Paula Rego”, apresentam-se vários dos seus trabalhos de pintura, desenho e gravura, incluindo algumas peças nunca antes vistas publicamente, tal como O cerco (1976). A exposição, que se estende ao longo de sete salas no museu monográfico dedicado à artista, fica patente até Junho de 2022.

Paula Rego | P55Magazine | P55.ART

7. Europa Oxalá
Galeria Principal da Fundação Gulbenkian até 22/08/2022
Vinte e um artistas plásticos europeus com origens familiares nas antigas colónias em África reflectem sobre as suas heranças, as suas memórias e as suas identidades. É este o ponto de partida para a exposição que ocupa a Galeria Principal da Fundação Gulbenkian, e que inclui 60 obras de pintura, desenho, escultura, filme, fotografia e instalação. 

Europa Oxalá | P55 Magazine | P55.ART


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente