7 Curiosidades sobre Roy Lichtenstein

Quem foi Roy Lichtenstein?

No auge do Expressionismo abstrato, surgiu o movimento Pop Arte, com artistas como Andy Warhol e Jasper Johns, que criaram obras sobre a cultura popular e a vida quotidiana americana. É neste movimento que Roy Lichtenstein ganhou destaque e se tornou num dos artistas mais famosos. Os seus trabalhos sobre a cultura das massas e o capitalismo foram desenvolvidos de uma forma mais positiva em comparação aos seus colegas. Atualmente as suas obras quebram recordes no mercado da arte, com a venda de Nurse de 1964, por US $ 95,4 milhões num leilão da Christie's no outono de 2015. Descubra neste artigo sete factos pouco conhecidos do artista que criou as obras iconicas Whaam! e Drowning Girl.

 

1. Teve uma banda de jazz

Roy Fox Lichtenstein nasceu em 1923 em Manhattan no seio de uma família de ascendência judaica alemã. Cedo demonstrou um talento natural para as artes plásticas, tendo frequentado aulas de desenho e pintura. Outro grande interesse na adolescência foi a música, tendo assim criado uma banda de jazz.  

 

Roy Lichtenstein | P55 Magazine | P55 - A Plataforma da ArteRoy Lichtenstein

 

2. Serviu no Exercito

Durante e após a Segunda Guerra Mundial, Roy Lichtenstein serviu no exército como artistas por três anos, antes de acabar os seus estudos na Ohio State University.

 

3. A técnica da Sala de Flash

Um dos professores de Roy Lichtenstein na Ohio State University, foi Hoyt L. Sherman. Este tinha uma técnica para testar a memória e a visão dos seus alunos. Numa sala escura, exponha numa tela uma imagens apenas por alguns segundos, pedindo de seguida para que os alunos desenhassem o que tinham visto com o máximo de detalhes possíveis. Esta técnica da "Sala de Flash", foi segundo Roy Lichtenstein, um exercício muito impactante que o ajudou a desenvolver como artista pop.

 

Roy Lichtenstein | P55 Magazine | P55 - A Plataforma da ArteRoy Lichtenstein

 

4. Produziu um filme 

Em colaboração com o cineasta Joel Freedman durante uma residência em Los Angeles, foi criada uma instalação de três telas, Três paisagens. Esta instalação encontra-se relacionada a uma série de colagens de paisagens criadas entre 1964 e 1966. O filme foi originalmente exibido na LACMA’s Art and Technology em 1971, tendo sido novamente visto em 2011, quando o Museu Whitney e a Fundação Roy Lichtenstein restauraram o filme e mostraram no formato original de 35 mm.

 

5. Criou um mural na estação de metro da Times Square

Em 1994, Roy Lichtenstein foi contratado para criar um mural num dos maiores cruzamentos dentro das plataformas da estação de metro Times Square. O mural invoca viagens futurísticas, a história dos maquinistas e do sistema de transporte de Nova York.

 

Roy Lichtenstein | P55 Magazine | P55 - A Plataforma da ArteRoy Lichtenstein

 

6. As suas obras não foram bem recebidas pela crítica

Inicialmente, muitos críticos referiram que as suas obras eram uma imitação e dessa forma não eram peças de arte originais. Contudo, com o desenvolvimento do movimento Arte Pop, este pensamento foi repensado e a sua técnica foi apreciada como uma representação verdadeira do apelo dominante do movimento.

 

7. A Fundação Roy Lichtenstein foi criada após a sua morte.

O artista americano faleceu com 73 anos de pneumonia, na cidade onde nasceu Manhattan. A Fundação Roy Lichtenstein continua a proteger e divulgar o seu trabalho para as gerações futuras poderem apreciar por completo a sua história de vida e obra.

 

Roy Lichtenstein | P55 Magazine | P55 - A Plataforma da ArteRoy Lichtenstein


Älterer Post Neuerer Post