Graça Morais

Envolvida no mistério e na surpresa, Graça Morais (1948) cria obras que transmitem ao espectador a sua memória do mundo rural, da aldeia de Vieiro em Trás-os-Montes, onde nasceu e cresceu. Numa relação entre o corpo, o pensamento e a vivência, a artista pinta com traços fortes os rostos de uma aldeia, as histórias do povo português, os seus costumes, o modo de trabalhar e o poder da maternidade. Além ... ver mais

Lamentamos, mas nenhum produto corresponde à sua pesquisa.