p55 art
Soares Branco
Em Promoção

Pastel

Preço de saldo

Preço normal €405
( / )
Entregas
Devoluções
Proteção

O envio para a sua morada é gratuito e inclui seguro de transporte*
Todos os nossos preços incluem todos os impostos e taxas, sem surpresas.
Ao finalizar a encomenda aceita pagar o valor da sua compra num prazo máximo de cinco dias.
Consulte as nossas condições contratuais nos Termos do Comprador.
*Campanha válida para União Europeia. Não inclui produtos com peso acima de 30kg.

A devolução é gratuita durante um período de 14 dias. Para devolver uma obra basta aceder à pagina Política de Devoluções, e ao preencher o formulário, indicar o respectivo dia para a recolha. Após a nossa confirmação, o estafeta efetuará a recolha na morada indicada.

A Proteção ao Comprador retira qualquer risco de fraude da nossa plataforma. A P55 resolverá a situação caso o artigo comprado não se encontre como descrito. Só enviamos o valor da compra ao vendedor depois do cliente receber a obra e estar satisfeito com a sua compra.

Soares Branco


Pastel 


Medidas: 65cm cm X 50cm 


Datado: 4/3/2000


Não emoldurado


 


Biografia

A arte figurativa tem como principal característica a reprodução de objetos conhecidos do mundo visível como a forma do corpo, os elementos da natureza e outros objetos criados pelos seres humanos. Durante grande parte do século XX, a pintura figurativa foi substituída pela arte abstrata, contudo na década de 1980, com o surgimento de artistas como Anselm Kiefer e Jean-Michel Basquiat, a figuração voltou a estar presente. Assim, é possível categorizar a arte figurativa desde da fotografia até às obras praticamente abstratas, como é o caso do cubismo analítico de Pablo Picasso. O retrato é um género sobre a representação da figura humana, capturando as características e personalidade deste. Na antiguidade clássica, havia o hábito de retratar figuras imponentes como os imperadores romanos, porém no renascimento, devido à valorização do ser humano e da sua individualidade, o retrato floresce entre os reis, a corte e o clero. Durante a Idade de Ouro Holandesa, artistas como Frans Hals ou Rembrandt van Rijn, experienciam um crescimento exponencial na encomenda de retratos, em virtude de uma classe comerciante que se pretende afirmar economicamente e socialmente. A partir do século XIX, artistas como Pablo Picasso, Henri Matisse ou Paul Cézanne, exploram o retrato pictórico de outras formas devido ao aparecimento da fotografia que apresenta um retrato mais fiel e acessível.