O Surrealista Salvador Dalí

O Surrealista Salvador Dalí

Quem foi Salvador Dalí?

O artista espanhol Salvador Dalí (1904–1989) é um dos pintores mais conhecidos de todo o mundo pelo seu trabalho com o movimento surrealismo, enquadrado nas vanguardas da década de 1920. As suas obras com uma qualidade estética e plástica peculiar, expressam os pensamentos do inconsciente do próprio artista, a partir de elementos do quotidiano que são transformados, como relógios derretidos ou animais extraordinários. Ao longo da sua carreira foi escritor, ator, cineasta, ilustrador, e cultivou a sua personalidade excêntrica, através das suas características comportamentais e físicas, tal como o seu famoso bigode e o seu animal de estimação um tamanduá (papa-formigas). 

 

A juventude de Salvador Dalí

Desde muito cedo, Salvador Dalí demonstrou o seu gosto e talento pelas artes plásticas, sendo impulsionado pela família a ter as aulas de desenho aos 10 anos. As primeiras pinturas do artista frequentemente representavam a sua irmã, a cidade onde nasceu Figueres e Cadaques onde passavam férias. Denota-se a influência do movimento impressionista nas suas obras, exemplo disso são as pinturas Boat (Commercial Sailboat Riding at Anchor in the bay of Cadaqués) (1919) e Tiéta - Portrait of my Aunt (1920). Em 1922, iniciou os estudos de pintura, escultura e gravura na Real Academia de Belas-Artes de São Fernando. 

 

Retrato de Luis Buñuel de Salvador Dalí, 1924

 

Expoente do surrealismo

As pinturas a Cesta do pão (1926) e o retrato de Luis Buñuel (1924) marcam a passagem para o hiper-realismo, consequentemente fundamental para as suas obras surrealistas que representavam os elementos de forma concreta e com uma ilusão da realidade. Ao longo dos anos universitários e posteriormente, Salvador inspirou-se no cubismo, no dadaísmo, no futurismo e começou a estudar os conceitos psicanalíticos de Freud, as pinturas de arte metafísica de Giorgio de Chirico e surrealistas de Joan Miró. Assim surgiram as primeiras pinturas que reinterpretam a realidade e alteram a percepção, como Honey Is Sweeter than Blood (1927), Apparatus and Hand (1927) e Little Cinders (1927-1928). Em 1929, foi convidado por André Breton a juntar-se ao grupo surrealista, conhecendo assim Gala, a musa da sua vida e esposa, que teve uma influência notória na obra Salvador Dalí até ao fim dos seus dias. No início da década de 1930, criou o seu método crítico paranóico, como uma nova prática de criação artística. 

 

Salvador Dalí | P55 Magazine | P55 - A Plataforma da ArteThe Persistence of Memory de Salvador Dalí1931

 

Cultivando alucinações psicóticas auto-induzidas, surgiram pinturas como The Persistence of Memory (1931) com relógios derretidos como se fossem queijo, "o camembert do tempo", segundo Salvador Dalí. Nesta obra o tempo perde o seu significado numa paisagem serena que se encontra em decadência. As formigas, um elemento comum nas obras do artista, atacam um relógio de ouro, enquanto que uma figura animalesca, posicionada no centro da pintura, descansa com um relógio por cima. Como este método criativo foi influenciado por Sigmund Freud, o artista decidiu homenagear o criador da psicanálise na pintura Soft Construction with Boiled Beans (Premonition of Civil War) (1936), ao representar este a analisar uma mão, no canto inferior esquerdo. Esta obra com uma paisagem devastadora representa a guerra civil entre as forças nacionalistas de direita de Francisco Franco e a República eleita, com detalhes de membros trocados demonstrando o horror da morte e deste conflito armado.

 

Salvador Dalí | P55 Magazine | P55 - A Plataforma da ArteSoft Construction with Boiled Beans (Premonition of Civil War) de Salvador Dalí, 1936

 

No final da década acabou-se por se distanciar do grupo surrealista por divergências políticas, acabando por passar alguns anos nos Estados Unidos da América, principalmente em Nova Iorque e na Califórnia. Participou em alguns filmes em Hollywood e continuou a pintar intensamente. Nesta altura cria a tela Dream Caused by the Flight of a Bee Around a Pomegranate a Second Before Awakening (1944) que representa Gala, musa de Salvador Dalí, a dormir nua sobre uma rocha numa paisagem marítima. Na pintura, ao lado de Gala, encontram-se duas gotas de água, uma romã e uma abelha a flutuar e, na parte superior da tela uma romã explodindo, da qual sai um peixe de cuja boca emergem dois tigres ferozes com uma arma que num segundo irá acordar Gala. Por fim, ao fundo no lado direito há uma figura semelhante a um elefante a passear. Posteriormente, vemos novamente criaturas idênticas a estas na obra A Tentação de Santo Antão (1946), entre outras obras. 

 

Salvador Dalí | P55 Magazine | P55 - A Plataforma da Arte

Dream Caused by the Flight of a Bee Around a Pomegranate a Second Before Awakening de Salvador Dalí1944 

 

O legado de Salvador Dalí

Em 1948, Salvador Dalí acabou por regressar à Europa, vivendo num Castelo em Puból, na costa da Catalunha. Nas décadas seguintes, continuou a internacionalização da sua obra, tendo diversas exposições retrospectivas em todo o mundo. Os últimos anos deram início a uma era mística e atómica, na qual procurou na terceira dimensão a razão da sua obra. Exemplo disso são telas como Toureiro Alucinógeno (1968-1970) e Lincoln in Dalivision (1976).

A década de 1970 foi marcada pela inauguração dos museus Dalí, em Figueras e nos Estados Unidos da América. Os anos seguintes representaram a decadência do pintor, devido à crise física e espiritual, deixando de pintar quando Gala faleceu e o seu castelo ardeu. Em 1989, Salvador Dalí morreu, deixando um grande repertório de obras surrealistas que influenciam até ao presente artistas nas diversas esferas das artes visuais contemporâneas. Ao longo da sua longa carreira, o artista espanhol explorou a habilidade de cruzar diversos meios, desde belas artes até moda e jóias, de forma a difundir as suas peças, tornando-as mais acessíveis ao público. Atualmente esta é uma prática comum, exemplo disso é o arquiteto Frank Gehry ter desenhado anéis e colares para a marca Tiffany. Além das suas obras, a sua imagem extrovertida de bigode comprido tornou-o num ícone da cultura facilmente reconhecível. Na P55 há diversas peças de Salvador Dalí, desde obras gráficas a cerâmica, que expressam os pensamentos do inconsciente do próprio artista, através das figuras fantásticas que se tornaram comuns no seu legado artístico.


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente