O que é o Impressionismo? Quais são os principais pintores?

O que é o Impressionismo? Quais são os principais pintores?
Impressionismo, o movimento artístico

Os primeiros impressionistas espantaram os amantes da arte ao remarem contra a maré das regras da pintura académica. Seguindo o exemplo de pintores como  Eugène Delacroix e J. M. W. Turner, os impressionistas criaram quadros onde a cor tinha precedência sobre as linhas e contornos. As livres pinceladas de artistas como Claude Monet ou Edgar Degas, modificaram a história da arte desde então. Conheça a fantástica história deste movimento que alterou a nossa visão sobre os princípios da arte. 

O que é o impressionismo?
No século XIX, os impressionistas desenvolveram uma nova técnica, na qual pintavam composições espontâneas. Esta só foi possível graças ao desenvolvimento dos tubos de tinta portáteis — os que atualmente conhecemos e estamos familiarizados. Conseguiram assim sair do atelier e aproximar-se da realidade do assunto que estavam a pintar. As pinturas de Monet e os outros impressionistas recriaram nas suas pinturas as sensações da sua visão sobre a paisagem avistada, de forma rápida, imediata e repleta de movimento. Em vez de delinear de forma meticulosa os detalhes da “paisagem”, estas composições valorizaram os jogos de cor e luz de forma a expressar as sensações do presente. Este movimento deu asas aos posteriores, como Neo-Impressionismo, Pós-Impressionismo, Fauvismo, Cubismo, entre outros. Conheça cinco artistas fundamentais para esta estética revolucionária.  

1. Claude Monet
Famoso pintor francês e fundador do movimento impressionista, junto com seus amigos Renoir, Sisley e Bazille. Monet rejeitou a abordagem tradicional da pintura de paisagem ao criar peças de arte, a partir da observação das variações de cor e luz causadas pelas mudanças diárias ou sazonais. Foi nas praias da Normandia, por volta de 1856 e 1857, que ele conheceu Eugéne Boudin que o ensinou a usar tintas a óleo e a técnica "en plein air" (ao ar livre) para pintura. Durante sua longa carreira, foi consistente e prolífico da filosofia do impressionismo de expressar suas percepções diante da natureza, especialmente sobre aplicação da pintura de paisagens ao ar livre. O termo "Impressionismo" é derivado do título de sua pintura Impression, soleil levant, exibida no Salon des Refusés de 1874 (este salão dos recusados foi criado por Monet e seus associados como uma alternativa ao Salon). “Reflections of Clouds on the Water-Lily Pond”, “Woman with a Parasol”, “Bridge over a Pond of Water Lilies”, “Water Lilies” são algumas das obras mais populares do pintor francês.

Monet | Magazine | P55.ART


2. Paul Cézanne
Foi um artista francês que estabeleceu a conexão entre o impressionismo do final do século XIX e a nova linha de investigação artística do início do século XX, nomeadamente o cubismo. George Braque e Picasso inspiraram-se nas obras de Paul Cézanne, na concepção do cubismo, afirmando que "Paul Cézanne é pai de todos nós". As suas pinturas e desenhos são claramente reconhecíveis, devido à composição elaborada com pinceladas repetitivas e sensíveis, repletas de planos de cor que expressam diretamente as sensações do que observava. As suas obras são assim uma construção praticamente abstrata da natureza observada que refletem sobre a complexidade da percepção visual humana.“The Large Bathers”, “A Modern Olympia”, “The Basket of Apples” e “Château Noirsão” algumas das obras mais populares do pintor francês.

Paul Cézanne | P55 Magazine | P55.ART

3. Édouard Manet
Pintor francês que ficou conhecido por desafiar as técnicas tradicionais de representação com as suas pinturas, repletas de pinceladas rápidas e intensas, que retratavam o ambiente e acontecimentos que o rodeavam (vida burguesa). A escolha desta temática não era usual na altura, por isso causou choque. A geração seguinte influenciou-se nestas obras, estabelecendo assim um novo movimento: o realismo. "Olympia", “The Luncheon on the Grass'', “The Balcony” e “A Bar at the Folies-Bergère” são algumas das obras mais populares do pintor francês.

Édouard Manet | P55 Magazine | P55.ART

4. Edgar Degas
Pintor do final do século XIX e início do século XX, com fortes ligações ao movimento impressionista, embora rejeitasse essa associação. Nas suas obras explorou diversos processos técnicos e representou os objetos pelas qualidades pictóricas, deixando de parte o retrato fiel, que até então era essencial na pintura. As suas peças mais conhecidas são as que retratam bailarinas, mas a sua produção também inclui autorretratos e retratos de outros artistas, como Manet, Tissot, ou Mary Cassatt. Ficou conhecido sobretudo pela pintura, embora também tenha produzido obras escultóricas e se tenha interessado pela fotografia.

Edgar Degas | P55 Magazine | P55.ART

5. Pierre-Auguste Renoir
Foi uma das figuras centrais do movimento impressionista, ao romper as tradições pictóricas, com as suas pinturas repletas de cores vivas que representavam a primeira impressão de um objeto. No verão de 1869, Renoir pintou por dois meses ao lado de Monet em La Grenouillère, um estabelecimento náutico e balneário nos arredores de Paris. Aqui desenvolveram a estética impressionista, com uma técnica de pintura, caracterizada pelas pinceladas largas e soltas,  e uma paleta viva que capturava os efeitos do sol fluindo, através das árvores na água ondulante. Além destas belas paisagens, Renoir ficou famoso pelos seus nus sensuais e cenas encantadoras com belas mulheres ("Les Grandes Baigneuses", “Reclining Nude from the Back, Rest after the Bath”, “The Judgement of Paris”).

Renoir | P55 Magazine | P55.ART

Descubra mais sobre as correntes artísticas do século XX:
O que é o cubismo? Onde surgiu o cubismo? Quais foram as principais obras e artistas?
O que é Abstracionismo? Onde surgiu?
O Surrealista Salvador Dalí
O que é uma Natureza Morta? 5 Impressionantes Obras de Arte

Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente